Como Aumentar a sua Produtividade

Existem diversos fatores que estão diretamente ligados à sua produtividade (ou à falta dela!). Planejamento e energia são alguns deles. Neste post você vai conferir algumas dicas essenciais que eu gostaria de partilhar com você. 

Produtividade: Planejamento é tudo!

A primeira coisa é em relação ao planejamento: você precisa planejar e querer ser mais produtivo. A parte do planejamento tem um enfoque bastante importante que é: tudo o que escolho fazer tem que estar alinhado com o meu propósito. Quanto mais alinhado estiver com o meu propósito, mais produtivo eu serei dentro desse contexto.

Tenha objetivos e metas
Tenhametas bem traçadas, você precisa planejar com antecedência e colocar tudo no papel . A regra básica é, você planeja e faz.

Mas sejamos sinceros: no dia a dia nem sempre é assim que acontece, as coisas travam e se alguma coisa no meio do caminho precisa de correção ou se você sentir que “travou”, é preciso aprender a “soltar”. Faça e deixe fluir.

Se algo saiu fora do contexto, pare e faça uma pausa. Porque quando você “solta” acaba não ficando tão ansioso com aquilo que está acontecendo e as coisas tem uma tendência a fluir melhor, no momento propicio volte para e revisão. Revisar algo é bem diferente de não ter feito nada.

Em sua agenda, tenha um plano mensal, anotando absolutamente tudo o que pretende fazer naquele mês. Revise no final de semana, pode ser as sextas feiras, para se preparar para a próxima semana e, a cada quinze dias, faça uma avaliação mais profunda de seus objetivos para aquele mês.

Aprenda também a utilizar ingredientes simples para não ficar impaciente com as “pedras no caminho”: beba bastante água, exercícios físicos e sempre que possível, medite. Além de te ajudar com seus projetos, isso também vai te dar muito mais energia e ânimo para cumprir com suas tarefas.

Rotina produtiva: manhã, tarde e noite

Observe que período do dia você “funciona melhor”. Separe seu dia em três blocos: manhã, tarde e noite. Agora analise: qual é o momento em que você é mais produtivo? Você vai produzir aquilo que é mais importante dentro desses blocos, dentro desses horários.

Eu por exemplo, começo meu dia bem cedo e com bastante energia, procuro fazer o mais importante até as 12h.

O que é resistência?

Uma coisa importante que aprendi no livro “Guerra da Arte” e que achei excepcional é o conceito de resistência. O que é resistência? Tudo aquilo que nos tira de nossa jornada, daquilo que está planejado para atingirmos um objetivo.

Você precisa ficar atento a tudo o que está impedindo você e fazendo com que sua produtividade caia. Todos os excessos que podem estar sendo prejudiciais na sua jornada – seja no dia, na semana ou no mês.

Ao perceber suas resistências ficará muito fácil quebrá-las!

Aumentar a produtividade

As quatro ferramentas da produtividade 

1. Focar

Tenha foco, tenha metas. E que eles sejam os mais detalhados possível. Como está sendo seu ano, a partir do dia do seu aniversário? Analise se este é um ano de finalizações, se você está em plena atividade ou você está iniciando alguma coisa.

2. Listar

A mente não é um depósito. A nossa mente é uma oficina. Então ter tudo isso sempre num papel. Tanto as metas quanto as atividades diárias e semanais.

3. Filtrar

Você sabia que 80% de nossos resultados vêm de 20% dos nossos esforços? Lembram quando eu falei dos períodos do dia? Manhã, tarde e noite? Pois é. Aqui que você precisa prestar mais atenção.

Pegue seu melhor bloco produtivo e concentre nele o que é importante. Foque 20% do seu tempo no que te gera 80% de retorno.

4. Priorizar

Para que o passo anterior dê certo, aprenda a priorizar o que é importante, urgente ou circunstancial. Cuidado se você está fazendo apenas coisas “urgente”, “urgente” e “urgente”. Você está trabalhando ou apenas pagando contas?

A teoria da Marcha Psicológica

A Marcha Psicológica é uma teoria que foi estudada a partir de 2005 e ilustra nossas ações da “primeira à quinta marcha”, como se fosse um carro.

A primeira marcha é sempre o mais difícil, na qual a gente encontra muitas resistências. Só para ilustrar, imagine que você foi convidado para uma palestra e precisa montar sua apresentação e antes definir  o que vai dizer. Esse primeiro momento, em que precisa começar a colocar no papel tudo o que vai dizer na hora do evento poderia ser considerado a “primeira marcha”. E muitas vezes aqui  coisa enrosca, não é mesmo?

 

Minha dica para você é, vença essa primeira marcha, faça mesmo que seja um pouco mais dificil. Uma coisa eu te garanto, vai valer a pena …

Dicas para ser mais produtivo

Por fim, gostaria de sugerir duas formas de trabalho em blocos que podem ajudar e muito!

Trabalhe durante 60 minutos. Nada de distrações como aparelhos eletrônicos ou redes sociais. Depois desse bloco de trabalho, faça uma pausa de cinco minutos (para esticar as pernas, dar uma volta, tomar um café…) e então recomece.

Depois você volta para sessenta minutos e então faz uma pausa de 30 minutos, com atividades mais leves. Aí depois desses 30 minutos, você pode retornar para mais um bloco de sessenta minutos.

A minha dica é fazer apenas um bloco desses por dia e depois você segue com sua rotina normal, até se acostumar.

Aí tem outro que é de 120 minutos, que é de flow, de foco total. Descansa trinta e depois faz mais 120 minutos de trabalho novamente. Você pode fazer apenas uma rodada durante o dia, até você se acostumar e você entender como isso funciona para você.

Se você tiver alguma dica para acrescentar a isso, lembre-se de comentar aqui pra mim. Que você tenha um 2018 muito mais produtivo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *